brasil

 

 

 

No 3º Informe Anual de obras, reformas e serviços domésticos confirma-se que os proprietários de vivendas seguirão fazendo reformas nas suas casas ou locais através da internet por ser um meio fácil, cômodo e seguro para encontrar profissionais. As reformas domésticas mais realizadas durante 2014 foram as de banheiros, cozinhas, pisos, pintura, arquitetura e mudanças. A previsão para este ano é de que estes trabalhos aumentem graças a que cada vez mais pessoas decidem pedir orçamentos a profissionais de reformas ou serviços na internet. No Brasil, os proprietários de vivendas gastaram em obras e reformas no lar acima de R$ 7.000 (2.200 euros), enquanto na Espanha e na Itália os gastos foram entre 500 e 2.00 euros. Os dados deste informe foram obtidos de mais de 900.000 pedidos de orçamentos para trabalhos, consertos, reformas ou serviços domésticos publicados na web do Habitissimo.

As reformas de casas revivem graças a internet. 2014 foi um ano onde ficou confirmado que as pessoas que procuram profissionais da construção para reformas ou serviços domésticos fazem isso maioritariamente através da internet já que permite comparar os preços entre profissionais do setor da construção de um jeito mais simples, ajuda a tomar decisões mais rápidas na hora de fazer uma contratação ou compra porque proporciona boa informação.

Em 2015 a tendência seguirá aumentando, dado que cada vez são mais as pessoas que irão reformar suas casas e o volume de trabalhos crescerá graças à alta dos índices econômicos no setor. Segundo o Informe do Habitissimo, os proprietários de vivendas que passam tempo em casa, que necessitam realizar uma repaginação, colocá-la à venda, fazê-la acessível ou por uma combinação de todo o anterior, necessitarão contratar profissionais de reformas ou serviços domésticos através da internet. Para isso, as opiniões on-line serão determinantes na hora de escolher orçamentos, profissionais ou empresas que realizem estes trabalhos. Muitas vezes os comentários espalhados por clientes nas redes sociais ou marketplaces como Habitissimo condicionam cada vez mais as decisões de compra das pessoas.

No caso dos profissionais de reformas e serviços para o lar, contar com uma web, promover-se nas redes sociais, ter boas opiniões, ou contar com um perfil de empresa foram as principais ferramentas on-line para apresentar orçamentos e conseguir trabalhos. Em 2014, 7 de cada 10 profissionais já apresentavam orçamentos para trabalhos através de celulares ou smartphones, o que indica que em 2015 estas opções seguirão sendo mais sólidas no setor para encontrar clientes através da internet.